Cristina Brandão Domingues (MDB) comentou sobre o Palácio do Café, que foi restaurado há algum tempo com recurso do FID (Fundo de Interesses Difusos, ligado à Secretaria Estadual da Justiça), mas sem previsão de reinauguração, conforme resposta da Prefeitura que informou que ainda há problemas no telhado e na ligação de energia elétrica, “fatores que atrasam a entrega definitiva da obra”. Também será necessário ter o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) após o término da obra, o que já está em andamento, informa a municipalidade.
Sobre o prédio da antiga estação ferroviária, que deverá passar por restauro para abrigar um Centro Cultural, Cristina, conforme resposta de requerimento, informou que o Conselho Gestor do FID vai analisar no início de dezembro o novo pedido de prorrogação do prazo do convênio (expirado em 27 de junho de 2018), requerido pela Prefeitura em 13 de junho de 2018, para que a licitação possa ser homologada e as obras iniciadas. “Acredito que este ano não será possível o início do restauro por conta do aguardo da decisão do conselho gestor do FID sobre a prorrogação do prazo do convênio. Então, temos de acompanhar esse processo e esperar que o FID autorize a prorrogação desse prazo por mais 24 meses solicitado pela Prefeitura e que isso se resolva da melhor maneira possível”.
A Presidente quer saber a relação nominal de todos os funcionários efetivos exercendo cargo comissionado e em função de confiança, com respectivos cargos, valor de referência e data da portaria desde janeiro de 2017.
Considerando a aprovação da lei nº 4.457/2017 (taxa do lixo) que, no seu parágrafo 3º do artigo 6º, prevê que as residências onde morem até duas pessoas pagarão o valor correspondente a um imóvel de no máximo 100 m², sendo que para efeito de comprovação deverá ser protocolado requerimento na Prefeitura com os documentos comprobatórios (conta de água e luz), a Presidente pede informação sobre quantos pedidos foram apresentados e quantos foram atendidos, especificando as razões para os deferimentos e indeferimentos.
Cristina indica a necessidade de troca de 15 lâmpadas queimadas no Centro de Convivência Nércio Rossi e melhoria no bebedouro. “A administração deveria dar uma atenção maior às nossas áreas de lazer, deixá-las mais bem cuidadas, inclusive os banheiros do Lago Municipal e Centro de Lazer Nércio Rossi, que precisam ser mais limpos, dispondo de papel higiênico e papel toalha, por exemplo. São detalhes que fazem a diferença e esse tipo de investimento não fica tão caro e a população merece ser bem atendida. Espero que, em relação ao Centro de Convivência Nércio Rossi, a Prefeitura não demore três meses para trocar as lâmpadas queimadas, como demorou da vez anterior”.   

Como Presidente do Legislativo, Cristina parabenizou os professores pelo seu dia (15 de outubro). “Nosso carinho e gratidão a esses profissionais que, além de transmitirem seus conhecimentos e experiências, sabem apoiar seus alunos em suas dificuldades. Só a educação tem o poder de transformar as pessoas, educar é investir num futuro melhor para nossa sociedade. E com paciência, sabedoria e dedicação o professor aponta caminhos, mas deixa que o aluno caminhe com seus próprios pés”. Ela informou também que no dia 29 de outubro, às 19h30, na Câmara Municipal, haverá sessão solene de homenagem aos professores —na mesma sessão, também serão homenageados servidores públicos municipais.   

 

José Eduardo Martins de Souza (Du/PSD) pede a construção de dois banheiros públicos na Praça Mauro Del Guerra, no Jardim Universitário, mais especificamente na divisa com o Unipinhal, e a instalação de um bebedouro. “Essa indicação se justifica pelo fato de a pracinha ter se tornado um ponto de encontro de vários grupos religiosos, estudantis e esportivos durante a semana. Passei por lá recentemente e dois senhores que residem ali próximo falaram comigo dando a sugestão da construção de banheiros. Por estar próximo dali, o Unipinhal, às vezes, até libera o uso de seus banheiros, mas, outras vezes, devido às aulas, acaba não liberando por questão de segurança dentro do campus. Sei que é complicado const ruir os banheiros, envolve vários fatores, mas fica a indicação”.

Ele parabeniza a Cia Teatral Trupeçar, na pessoa de Erivelton Nicolau Borba, pela participação na Mostra Fênix de Linguagens Cênicas de Tupã. “É muito importante a existência de grupos representando a produção artística e cultural de Pinhal em todos os cantos do Brasil. A Cia Trupeçar foi selecionada com dois espetáculos —´Nós, Marias´ e ´João e Maria´— entre mais de 80 montagens de todo o país. Esperemos que a Cia Trupeçar seja premiada, já que o resultado sai neste domingo (21 de outubro). Registro que o grupo de Pinhal demonstra empenho e dedicação ao teatro e à cultura e que tenha êxito em suas atividades futuras”.

Du parabeniza também a empresa Construmais, na pessoa do empresário Júlio César Fillipi, e a Prefeitura pela realização da 2ª Edição da Ação Mais Criança no dia 12 de outubro, na Praça da Independência, “que reuniu milhares de pessoas para uma tarde gostosa, com muitas atrações, prestação de serviço e entretenimento para a população, em especial para as crianças. Mais do que a entrega de presentes, a Ação Mais Criança teve por objetivo promover a inclusão social através da arte, cultura e do esporte. Fiquei feliz em ver tanta gente na praça”. O evento contou ainda com apoio de outras empresas e do Unipinhal.

O Vereador destacou ainda o evento ciclístico Raveli, que movimentou a cidade no último final de semana reunindo centenas de ciclistas. “Parabenizo a Associação Comercial por trazer esse evento pra Pinhal, o Unipinhal por patrocinar essa etapa da competição no município, a Associação dos Atletas de Pinhal e a Prefeitura pelo apoio. Foi um final de semana com lotação de hotéis, boa movimentação em bares, lanchonetes e restaurantes, houve presença de visitantes no Theatro Avenida, no sábado, para assistir a uma peça, enfim, muita gente na cidade movimentando o comércio em geral”.

Du também comentou a colocação de placas de sinalização nos postes de metal espalhados pela cidade com recurso do programa Município de Interesse Turístico. “São placas de sinalização de locais públicos e pontos turísticos. Várias pessoas comentaram comigo dizendo que está ficando bom, que é uma maneira de informar melhor as pessoas que vêm de fora”.

 

Gilberto Viola (PSDB) falou sobre o Dia do Professor (15 de outubro). “Professoras e professores são aqueles que apostam no futuro daqueles que estão a sua frente. Professoras e Professores são a obstinação na esperança por um futuro melhor. Professoras e Professores são o alicerce de uma nação. Magistério é um sacerdócio que quem o exerce não tem o direito de entregar os pontos. No Japão, 1º mundo, todos se curvam diante do imperador, menos o professor porque sabem que sem professor não existe imperador. Um dos maiores orgulhos da minha vida é ter uma filha professora, Alexandra Vanessa Viola.

Nós podemos passar pela vida sem precisar de um advogado, engenheiro, arquiteto, até de um médico ou dentista, mas ninguém passa pela vida sem precisar de um professor”.   

 

Marquinho Rocha (MDB) quer saber como está o andamento da infraestrutura do bairro Parque da Figueira IV, respondendo aos seguintes quesitos: a) Há galerias de águas pluviais já construídas? b) Há guias, sarjetas e asfalto? c) Há água encanada, rede de esgoto, postes com iluminação?. “Cobro melhorias no local há anos, vários proprietários de lotes querem construir suas residências e não conseguem por falta de infraestrutura, muitos  nem têm escritura, há falta de vontade do loteador em fazer toda a infraestrutura. Houve até reuniões com o Prefeito, mas sem resultado concreto”.
Ele pede a reposição de uma placa de sentido único em frente ao nº 449 da rua Senador Saraiva, centro, “pois muitos veículos vêm entrando na contramão pela falta da referida placa”.
Marquinho solicita a limpeza e o desentupimento de um bueiro situado na rua Pastor Ismael dos Santos, em frente ao nº 95, no Monte Alegre, “considerando que a dengue é uma doença iminente e o bueiro acumula muita água”.
O Vereador pede a troca de lâmpada do poste localizado na rua Prudente de Moraes, nº 595, centro, em frente ao Sindicato dos Profissionais da Saúde.

 

Jhonny Laurindo (PSD) solicita informação sobre o andamento do processo de regularização da nova Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis e quando a estrutura do Projeto Catar passará a funcionar no novo barracão [atrás do Matadouro, fechado há muitos anos] feito na gestão passada. “Na época, o barracão foi entregue com placa e solenidade, mas de forma inadequada para funcionar, sem energia elétrica, sem rede de esgoto, enfim, sem nada. Passado mais de um ano, é preciso colocar aquilo pra funcionar. Recebi a informação de que as redes elétrica e hidráulica foram feitas, uma casa ao lado foi adequada para funcionar como refeitório e banheiros. Sabemos ainda que existe recurso para a construção de outro barracão a fim de melhor abrigar o projeto Catar”.

Ele pede que seja verificada a possibilidade da substituição dos bancos da sala de espera do Pronto Atendimento Municipal, “visto que os atuais são de madeira e bastante desconfortáveis para a pessoa que já chega ao local em situação debilitada. Sempre é momento de melhorar e o nosso PA é um dos melhores da região”.

Diante de informação extraoficial da existência de questionamento na Justiça sobre a legalidade da Guarda Municipal, o Vereador quer saber como está esse processo, qual o questionamento feito e qual a implicação nos trabalhos dos guardas municipais. “Solicito ainda que seja informado o número do processo, sua cópia, qual o posicionamento da administração em relação ao assunto e qual o caminho a seguir para solucionar o problema”. Para ele, a Guarda Municipal precisa ser mais reconhecida. “Infelizmente, em gestões passadas, a GM sempre foi deixada em último plano. Quando precisa, ela está presente e, quando não precisa, ela é deixada de lado. O último investimento feito foi na gestão do Ex-Prefeito Paulo Klinger Costa, quando foram adquiridas duas novas viaturas. Investir na GM também é ajudar na segurança pública; então, peço a atenção da administração para a GM”. O Vereador lembrou que esteve na Assembleia Legislativa há algum tempo e conseguiu junto ao deputado estadual Chico Sardelli o empenho de um recurso estadual de R$ 120 mil para a aquisição de novas viaturas para a GM, só que, devido ao período eleitoral, a tramitação da liberação da verba foi prejudicada. “Espero que, passando o processo eleitoral, esse recurso possa chegar até a Prefeitura e ser investido na GM”.

Sobre o Dia do Professor (15 de outubro), Jhonny parabenizou os professores. “Quero registrar aqui o investimento que a administração municipal tem feito na educação, o Prefeito Sergio Del Bianchi Junior teve peito e coragem pra enfrentar um problema que vinha se arrastando há anos: a não regularização de lei federal que prevê o pagamento de 1/3 aos professores municipais em atividades pedagógicas fora da sala de aula, que era direito da categoria. Ele regularizou isso, com impacto de R$ 3 milhões anuais na folha de pagamento da educação. Nenhum Prefeito teve a coragem de colocar a mão nessa cumbuca e ele teve e isso é realidade. O cumprimento dessa lei federal possibilitou, por exemplo, a contratação de professores de Arte e de Educação Físi ca, que estão fazendo uma grande diferença para as crianças. Sabemos que a tarefa do professor é árdua e, muitas vezes, não é reconhecido. Ser professor é muito mais que transmitir conhecimento, não é apenas falar o que sabe, mas inspirar novas atitudes”.      

 

 

Toni Zibordi (PSD) pede a limpeza do cemitério municipal e do cemitério Parque das Acácias em razão da proximidade do Dia de Finados, data em que muitas pessoas vão a esses locais orar pelos seus entes queridos.

Ele solicita a limpeza e manutenção das Praças São Pantaleão e Mauro Del Guerra (Jardim Universitário).

Toni indica a necessidade de poda de árvores existentes no canteiro da avenida Rafael Gualda Garcia, no Jardim das Rosas, sentido Lago da Dinda, principalmente em frente ao nº 180.

 

Vavá Mecânico (PSD) indica a necessidade de ser tomada providência em relação ao bueiro existente na rua Paulino Bertoldo, defronte ao nº 10, no Parque das Nações, “considerando a dificuldade de entrada e saída do veículo da garagem e o risco de acidente para pedestres que por ali passam”.

Vavá solicita placa de `Proibido Parar e Estacionar´ na rua Maria José Bueno Wolf, no Largo São João, com o objetivo de facilitar o tráfego de veículos na citada via pública.

Ele pede uma atenção especial à escadaria situada entre a rua Vereador Paulino Pinto e a avenida Washington Luiz, em frente ao Curtume, “tendo em vista a reclamação de muitas pessoas que se utilizam do referido local”.

 

Vavá parabeniza a Sociedade São Vicente de Paulo pela inauguração da capela de São Vicente de Paulo no dia 27 de setembro.

  Curta Nossa Pagina

Rua Cap. João Mendes Batista Silva, 176 - Centro - Espírito Santo do Pinhal / SP - CEP: 13.990-000
Fone: (19) 3651-1918
© 2017. Todos os direitos reservados.