Cristina Brandão Domingues (MDB) comentou sobre o problema do déficit habitacional no município informando, conforme resposta de requerimento, que existem vários passos para serem cumpridos, sendo um processo demorado, inclusive havendo a necessidade de o município obter recursos financeiros para a realização da infraestrutura total do local. Somente após todo esse trâmite, a CDHU poderá abrir a ordem de início de serviço para a construção das primeiras 265 unidades habitacionais [no Morro Azul]. E as inscrições para o sorteio das unidades habitacionais somente serão abertas quando a CDHU terminar a constru&cc edil;ão das casas”.
Cristina indagou ainda da Prefeitura quais alternativas habitacionais estão sendo consideradas para atender à demanda de mais de 2 mil pessoas. “A pergunta não foi respondida. A administração não pode ficar satisfeita só com essa quantidade de casas pela CDHU, que é um processo demorado. Já fiz uma indicação no sentido de se fazerem lotes urbanizados, que constam no programa de governo do atual Prefeito; então, espero que a administração busque outras alternativas habitacionais além da CDHU. As pessoas que precisam de casa aguardam uma ação mais efetiva do município”.
Sobre as quadras esportivas cobertas construídas no Centro de Lazer Daniel Couto (Raspadão) e no estádio municipal José Costa, cujas obras estão paralisadas, a Presidente solicitou providências para que as obras, iniciadas em 2014, tenham continuidade e possam ser entregues logo à população. “A quadra no Raspadão falta pouco para terminar e a que fica no estádio José Costa está abandonada, é uma pena, é lamentável, já que a população precisa de espaços esportivos e de lazer. Já fiz indicação tempos atrás pedindo melhorias nos vestiários, banheiros e gramado do estádio José Costa. Que a administração municipal volte seu olhar para esse espaço que, à noite, fica todo escur o e aberto, motivo de preocupação por parte de moradores que residem ali próximo. Tivemos a informação de que o contrato com a empresa responsável pelas obras foi prorrogado até 26 de novembro de 2018”.
Considerando resposta ao requerimento nº 261/2018, de 3 de outubro de 2018, e considerando os valores pactuados entre a Prefeitura e a Tuga, a Presidente quer saber o número de alunos transportados da rede municipal, divididos entre infantil e fundamental, zona urbana e rural; número de alunos da rede estadual e número de alunos da Escola Agrícola e da Associação Civil Crescer no Campo.
Cristina quer saber se o programa Acessa São Paulo está em pleno funcionamento, quantas pessoas usam por mês, quem é a pessoa que cuida do espaço e como é o controle das pessoas que utilizam o local.
A Presidente pede melhorias na avenida Romualdo de Souza Brito, como o tapamento de buracos no quarteirão da Casa do Lavrador, manutenção/reforma das muretas de proteção localizadas em toda sua extensão e conservação das guias e sarjetas e das grelhas de escoamento de água.
Ela agradeceu aos eleitores pinhalenses pela eleição de Barros Munhoz (deputado estadual) e Arnaldo Jardim (deputado federal) e reafirmou seu compromisso em continuar a trabalhar em prol da população, do hospital, do Instituto Bezerra de Menezes e das entidades, em parceria com esses deputados. 

 

 

José Eduardo Martins de Souza (Du/PSD) falou sobre eleições 2018. “Embora tenha criticado o deputado federal Arnaldo Jardim por ter abandonado Pinhal nos últimos dois anos, jamais falei que ele não apoia a cidade nem que nunca trabalhou por ela, ele trabalhou, sim, muito por Espírito Santo do Pinhal. Resultado disso foi sua votação em 2014, mas a nossa crítica pegou no deputado que ele teve de reforçar sua campanha em Pinhal, acredito eu, tanto é que no último dia de campanha esteve na cidade. Tinha certeza de que ele seria reeleito; então, gostaria que os Vereadores da oposição assumissem um compromisso com a população para que a partir de hoje o deputado passe a cuidar melhor da nossa cidade como cuidava quando o Prefeito era o Zeca Bene, que mande recursos pra Pi nhal como mandava na época do Zeca Bene, que ele não faça a palhaçada de vir a público em redes sociais e dizer que o atual Prefeito Sergio Del Bianchi Junior é inoperante, incompetente, que não fez nenhum pedido a ele. Isso é mentira, eu mostrei aqui, na tribuna, vários pedidos feitos pelo Prefeito. Vocês acham que o deputado que chegou a ter mais de 12 mil votos em 2014 precisa receber ofício do Prefeito para lembrar da cidade?  Ele não precisa. Comparando com a última eleição, ele teve uma queda de cerca de 5 mil votos agora. Precisamos, sim, da ajuda de deputados e ele, no caso, tem como ajudar a cidade sem querer agradar ao Prefeito, basta enviar recursos às entidades. Quero chegar aqui, na última sessão do meu mandato em 2020, e dizer que o deputado Arnaldo Jardim reconheceu e olhou para a nossa cidade i ndependentemente de quem seja o Prefeito, porque quem ganha é o município”.

Ele agradeceu aos eleitores pela votação em Guilherme Campos (candidato a deputado federal, que não foi eleito), “que tem sido um grande parceiro do Prefeito no sentido de abrir portas em Brasília, em São Paulo e em todos os outros lugares a fim de buscar recursos”.  

Sobre a escola municipal Antonio Costa, que fica atrás do hospital, Du informou que será construída uma nova sala de aula  para que o maternal e o pré-integral possam permanecer no local. “É uma demanda dos pais de alunos, que procuraram este Vereador para ajudá-los. Eu e o Jhonny estivemos lá acompanhando a solução dessa questão”. 

 

 

Gilberto Viola (PSDB) agradeceu aos eleitores de Pinhal pela eleição de Barros Munhoz (deputado estadual) e Arnaldo Jardim (deputado federal). “Recebi ligações deles solicitando que eu fizesse na tribuna desta Casa de Leis um agradecimento pela espetacular votação que obtiveram em Pinhal. Arnaldo quase 40% dos votos e Barros mais de 40%. Essa é uma vitória que não é do Viola, Cristina, Adriano, Lourdes e Marquinho, é uma vitória da população de Pinhal que reconheceu  o trabalho feito por esses deputados ao longo do tempo. Mais uma vez muito obrigado povo pinhalense”.

 

Adriano Salvi (PSDB) falou sobre a Tuga (responsável pelo transporte público na cidade). “Vamos ter de saber qual o impacto financeiro para a empresa conceder gratuidade às pessoas acima de 60 anos para que possamos conversar com o Prefeito, conversar novamente com a direção da empresa a fim de tornar essa lei realidade, beneficiando assim os usuários. Gostaria também de fazer um esclarecimento: duas sessões atrás fui muito duro com a Tuga e, às vezes, no nervosismo a gente se excede. Então, tive a hombridade de conversar pessoalmente com o diretor e o gerente da empresa e pedir desculpa pelo excesso nas palavras e, em nenhum momento, tive a intenção de ofender os funcionários, mas o importante é destacar de maneira educa da que estamos no Legislativo para representar o povo. Se o serviço prestado pela Tuga estiver bacana, cabe a nós elogiar; se não estiver legal, cabe a nós pontuar e é isso que estamos fazendo no momento. Também gostaria de agradecer a empresa por atender à nossa reivindicação feita há duas semanas, que foi a extensão do horário dos ônibus para depois das 20 horas em razão da chegada da imagem de Nossa Senhora a Pinhal e da celebração religiosa por consequência. Assim, fiéis puderam voltar para casa de ônibus. Por isso, a empresa merece elogio”.  
Ele quer saber quando a Prefeitura dará a devida manutenção na entrada do distrito industrial Irmãos Del Guerra, tendo em vista que foram apresentadas indicações nesse sentido e que, até o momento, nenhuma providência foi tomada. “Cumpre salientar que diversas empresas estão ali instaladas e os cerca de 800 funcionários dessas empresas correm risco diariamente devido à péssima condição de entrada do local. Cabe destacar ainda que a Renovias foi acionada, porém não lhe cabe essa manutenção”.
Adriano pede informação sobre um serviço de limpeza de bueiro não executado na avenida Lauro Fernandes Baleeiro, em frente ao nº 540, “visto que após seis protocolos/pedidos dos moradores nada foi feito. O importante é resolver logo o problema”. 
Ele indica a necessidade de ser realizada troca de lâmpada do poste localizado na rua Cristófilo A. de Marco, de frente à construção existente na esquina e na rua Divino Filiponi, em frente ao nº 515, no Monte Alegre.
Sobre eleições 2018, Adriano agradeceu aos eleitores pela eleição de Arnaldo Jardim (deputado federal) e Barros Munhoz (deputado estadual). “Eles tiveram uma votação expressiva em Pinhal, foram reeleitos. Gostaria que mais candidatos a deputado que ajudam efetivamente Pinhal tivessem mais votos aqui. Mas desculpem a franqueza: nós querendo discutir política e elegemos Tiririca e Alexandre Frota, acho que precisamos fazer uma reavaliação do que queremos para o nosso país. Pessoal, só existe corrupção se o povo é corrompido e, quando a gente vota num palhaço, lá na frente não adianta cobrar postura de político”.
O Vereador parabeniza a equipe de futsal masculino da empresa Palini & Alves, nas pessoas de Carlos Roberto Palini e Flávio Pereira Alves, proprietários da empresa, pela conquista do campeonato regional dos jogos do Sesi 2018 ocorrido em Mogi Guaçu.  O torneio reuniu mais de 15 modalidades esportivas com a participação de 300 atletas. “Esse excelente resultado dos atletas colocou o nome de Pinhal em evidência positiva em toda a região”. O transporte até Mogi Guaçu foi feito em parceria com a Prefeitura.
Adriano requer a retirada de um cacho de marimbondos/abelhas existente na EMEB Francisco Álvares Florence (Parcão), visto que esses insetos entram nas casas dos moradores da região.
O Vereador indica a necessidade de serem instalados diversos pontos de energia no cemitério municipal bem como aumentar a quantidade de pontos de água com o intuito de atender à demanda da população na limpeza, reforma e construção de túmulos.

 

 

Marquinho Rocha (MDB) falou sobre a Tuga (responsável pelo transporte público na cidade). “O Prefeito fez cinco termos aditivos com a Tuga que somam R$ 2,9 milhões. O proprietário da Tuga alegou não ter condição financeira de cumprir a lei municipal que garante gratuidade às pessoas acima de 60 anos. Então, eu pergunto: que estamos fazendo aqui? Fazendo leis para não serem cumpridas? O município se curvando a um empresário que explora o transporte público em nossa cidade? Tinha de ter havido licitação em 2016 (“quando Vereador, o atual Prefeito votou para que houvesse licitação, como eu t ambém votei”), quando o contrato venceu, e, até o momento, também não houve licitação. Por que não há licitação? Quem está ganhando com isso, além do proprietário da empresa? Seria a população? Eu acho que não. Os veículos são antigos, usam diesel, mais poluente que o biodiesel, valor da passagem caro, houve corte de linhas, usuários reclamando de que alguns motoristas são mal-educados. Como o proprietário da empresa não vem cumprindo a lei municipal, minha indicação é pelo encaminhamento do problema ao Ministério Público. Se não está cumprindo a lei, não tem condição de cumpri-la alegando que, muitas vezes, o transporte público dá prejuízo, está fazendo o quê, aqui?”.  
Sobre eleições 2018, Marquinho agradeceu aos eleitores pela eleição de Barros Munhoz (deputado estadual) e Baleia Rossi (deputado federal). “Barros Munhoz é o deputado que mais faz e fez por Pinhal, já é a quarta eleição que trabalho pra ele, visto os benefícios que a cidade recebe através desse deputado, tão conceituado em Pinhal e Itapira, foi o candidato a deputado estadual mais bem votado em Pinhal. Também trabalhei para Baleia Rossi, que faz emendas parlamentares para entidades da cidade, como a de R$ 100 mil para o Instituto Bezerra de Menezes. Vamos continuar ajudando a cidade com esses dois deputados”.  
Ele indica a necessidade de ser realizada pintura de faixa de estacionamento em toda a quadra final da rua Marquês do Herval, visto não existir faixa neste local e para facilitar o estacionamento e propiciar mais vagas.

 

Jhonny Laurindo (PSD) falou sobre a lei de sua autoria, aprovada pela Câmara Municipal, que estabelece a responsabilidade do pagamento do IPTU pelo loteador que ainda não entregou oficialmente seu loteamento com a infraestrutura adequada, apto à construção de imóveis. “Peço à Prefeitura que inicie os procedimentos para fazer valer a lei em 2019, quando os carnês de IPTU do próximo ano serão distribuídos, e isso pode fazer com que o loteador agilize as obras para evitar arcar com esse custo. Então, a Prefeitura não pode cochilar”.

O Vereador também pediu agilidade na conclusão da obra do novo refeitório/cozinha da escola municipal Gilberto Leite Vieira, na Vila São Pedro. “O novo refeitório/cozinha foi reivindicação de mães de alunos e funcionárias da escola. Fui atendido nesse pedido pela Prefeitura, mas a obra está uma gestação. Gostaria de uma atenção do Departamento de Obras para a sua conclusão”.

Jhonny solicitou ainda agilidade da administração para a colocação dos aparelhos de ginástica nas dependências do poliesportivo da Vila São Pedro. “É inadmissível essa demora!”.

Sobre eleições 2018, o Vereador sugere um pacto entre os partidos para evitar a sujeira de propaganda política [santinhos, panfletos] nas ruas em época de eleição. “É proibido por lei. Em Pinhal, as ruas ficaram muito sujas. Se conseguirmos evitar isso, Pinhal dará exemplo para o país. Na minha campanha a Vereador, não fiz isso e nunca farei. Ninguém merece ter a porta de sua casa suja e, além do mais, o recolhimento dessa sujeira representa um custo a mais para a Prefeitura porque aumenta o volume de lixo a ser enviado para Paulínia, é dinheiro do povo que poderia ser investido em outra área. Então, da próxima vez, poderemos dizer aos eleitores não votarem em quem suja as ruas. Acho que a conscientização é o melhor caminho”.

 

 

Toni Zibordi (PSD) pede informação sobre o andamento das obras da nova EMEB Francisco Álvares Florence (Parcão). “Estive lá e vi uma parede torta. Precisamos, então, fiscalizar o trabalho da empreiteira”.

O Vereador quer saber se existe previsão para a realização da Festa do Café em 2018, considerando a tradição desta festa, a parceria com as entidades assistenciais do município e o pedido da população para a sua realização.

Toni requer informação sobre a previsão para a instalação dos aparelhos de ginástica no poliesportivo da Vila São Pedro, considerando que já foi feita terraplenagem para tal instalação e que a população aguarda “ansiosamente. Agora, está fácil resolver isso”.

Ele solicita o reforço da sinalização de solo, principalmente das faixas de pedestre de toda a cidade, dando preferência para as localizadas em frente às escolas estaduais e municipais.

Toni solicita a pintura da faixa amarela de sinalização do 1º ponto exclusivo para caminhões locados, localizado na rua Armando Paiva, em frente ao nº 33, bem como o reforço da sinalização do 2º ponto localizado entre o Posto de Combustíveis Antonieta e o prédio da antiga estação ferroviária.

O Vereador indica a necessidade de manutenção ou retirada urgente da ponte de madeira localizada no rio que corre entre a Vila São Pedro e o Jardim Varan, visto suas “péssimas condições de uso, colocando em risco as pessoas que por lá passam”.

 

Vavá Mecânico (PSD) pede a Prefeitura que passe a máquina na rua Plínio Rubens de Camargo, no Jardim Lélia, visto que está muito esburacada, dificultando o trânsito de veículos. “A rua é de terra. Na seca, pó; na chuva, barro. Que a Prefeitura dê uma atenção especial a essa rua”.

O Vereador solicita a pintura da faixa de pedestre localizada na avenida Washington Luiz, próximo à escadaria da Praça Antônio Pereira, para facilitar o trânsito de mães e alunos da EMEB Águeda Fernandes Vergueiro.

Vavá requer a troca de lâmpada do poste localizado na rua Antonio Peres, em frente ao nº 25, no Parque do Lago. “O serviço precisa ser feito logo para dar maior segurança àquele local. Acredito que o departamento competente vai atender a esse pedido”.

Ele parabenizou os Vicentinos, na pessoa do Valdiro Pancrácio, pela construção da capela São Vicente de Paulo, que fica nas dependências da Associação São Vicente de Paulo, na rua Floriano Peixoto, 434. “Ficou muito bonita. Essas pessoas que ajudaram nos enchem de orgulho de sermos Vicentinos. Parabéns”.

 

Maria de Lourdes Santiago (PPS), que trabalha pela causa animal há 23 anos, pediu a colaboração da população para evitar deixar animais em frente ao canil São Francisco, do qual é voluntária, porque está lotado (tem mais de 250 cães e gatos), não podendo mais receber animais. Segundo ela, o canil já foi notificado pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e, se descumprir, a subvenção da Prefeitura à Associação Pinhalense Protetora dos Animais São Francisco de Assis, mantenedora do canil, poderá ser su spensa, dificultando a manutenção do canil. “Por isso, peço essa colaboração, é o apelo que faço. Além disso, peço para donos de animais pertencentes a famílias de baixa renda que façam as castrações de seus animais no CCZ, que teve a sala cirúrgica reformada para esse fim [a reforma foi bancada pela empresária Divanei Auricchio, a pedido da Vereadora, que é sua amiga]. Quem não tem condição financeira de cuidar de um animal, não pegue, por favor. Senão, ele vai sofrer e ficar abandonado. Se tiver condição, faça a castração do seu animal”.
Lourdes lembra que, antes da criação do canil, havia muitos animais nas ruas. “Sentia pena e comecei a me envolver nisso, tanto é que a minha vida é cuidar de animais o dia todo”.
Ela falou sobre eleições 2018 agradecendo aos eleitores pela eleição de Arnaldo Jardim (deputado federal) e Barros Munhoz (deputado estadual). “Trabalhei pra eles, que vão continuar ajudando a cidade, como sempre fizeram. Obrigada a todos”.

  Curta Nossa Pagina

Rua Cap. João Mendes Batista Silva, 176 - Centro - Espírito Santo do Pinhal / SP - CEP: 13.990-000
Fone: (19) 3651-1918
© 2017. Todos os direitos reservados.