Na manhã desta sexta-feira (23 de março), a Presidente da Câmara Municipal, Cristina Brandão Domingues, e os Vereadores Adriano Salvi e Vavá Mecânico receberam a visita do escritor José de Campos Salles Neto, que doou ao Legislativo um exemplar do seu livro-documento intitulado "Do fumo ao café: Major Felix da Motta Paes e seus descendentes".
Major Felix foi pai de José Ribeiro da Motta Paes, que ficou mais conhecido como o Barão de Motta Paes.
Barão de Motta Paes foi tropeiro, cafeicultor e iniciou sua vida política em 1860. Durante todo o Império (1822 a 1889) a política pinhalense foi dirigida por ele, sendo eleito o primeiro presidente da Câmara Municipal de Pinhal em 20 de abril de 1879/1880, quando de sua primeira instalação na então chamada Vila. A posse aconteceu na própria casa do Barão (atual rua XV de Novembro, nº 13), juntamente com os então Vereadores Manoel Aranha de Campos, Joaquim de Souza Moraes, Vicente Gonçalves da Silva, Antonio Barbosa de Barros e Honório de Ávila Pereira Soares.
Barão de Motta Paes foi responsável também pelo pioneirismo no processo de emancipação dos escravos aqui em Pinhal, em 1888, articulando o fim do trabalho escravo no município um mês antes da assinatura da Lei Áurea.
Em razão dessa iniciativa, o então Vereador Luiz Bernardes Staut pediu, no dia 1º de junho 1888, para que a então rua Inconfidência passasse a se chamar rua Barão de Motta Paes em sua homenagem.
Cristina agradeceu a visita do escritor José de Campos Salles Neto, parabenizou-o pela importante e significativa obra histórica e destacou a memória revivida de uma família que muito contribuiu para Pinhal.

  Curta Nossa Pagina

Rua Cap. João Mendes Batista Silva, 176 - Centro - Espírito Santo do Pinhal / SP - CEP: 13.990-000
Fone: (19) 3651-1918
© 2017. Todos os direitos reservados.