VEREADOR PARTICIPA DA ABERTURA DO

SEGUNDO DIA DO EVENTO NA CÂMARA MUNICIPAL

 

O Vereador Jhonny Laurindo participou da abertura do segundo dia da Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente realizada na Câmara Municipal.

Também participaram a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Tatiana de Fátima Porreca, o diretor municipal de Promoção Social, Ricardo Anacleto, membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e convidados em geral.

Durante o evento, a especialista na área da infância e juventude, Josanete Monteiro, de Casa Branca, discorreu sobre o tema Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências. Também houve apresentação teatral feita por alunos da Apam (Associação Pinhalense de Amparo ao Menor).

Durante o encontro, foram escolhidos delegados para participar da Conferência Estadual a ser realizada até o final do ano.

 

Além do comunicado publicado na quinta-feira (18 de outubro) e dando sequência às providências adotadas, a Câmara Municipal denunciou ao Facebook o “Grupo Camesp” e seu “administrador” e também registrou na tarde desta sexta-feira (19 de outubro) boletim de ocorrência (anexo) contra o uso indevido e irregular pelo “Grupo Camesp” em nome do Poder Legislativo, razão pela qual aguardam-se medidas cabíveis das autoridades competentes.

 

A Câmara Municipal comunica oficialmente que o Grupo Camesp - Câmara Municipal de Espírito Santo do Pinhal não representa de forma alguma o Poder Legislativo Pinhalense. 
Esse Grupo Camesp vem sendo usado indevidamente para publicações de terceiros e que o Poder Legislativo está tomando a devida providência.

VICE-PRESIDENTE DA CÂMARA
MUNICIPAL PARTICIPA DA SUA ABERTURA

O Vice-Presidente da Câmara Municipal, Gilberto Viola, participou da abertura da Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente na tarde de quinta-feira (18 de outubro), na Câmara Municipal.
O evento contou com a presença do diretor municipal de Promoção Social, Ricardo Anacleto, de membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e de convidados em geral.
A palestrante foi a facilitadora Josanete Monteiro, de Casa Branca, que falou sobre Equilibrando Direitos X Deveres. Também houve apresentação musical da Associação Crescer no Campo.
O evento prossegue na sexta-feira (19 de outubro) com o tema Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências. A entrada é gratuita.
Durante o encontro, serão escolhidos delegados para participar da Conferência Estadual a ser realizada até o final do ano.

 

 

Cristina Brandão Domingues (MDB) comentou sobre o Palácio do Café, que foi restaurado há algum tempo com recurso do FID (Fundo de Interesses Difusos, ligado à Secretaria Estadual da Justiça), mas sem previsão de reinauguração, conforme resposta da Prefeitura que informou que ainda há problemas no telhado e na ligação de energia elétrica, “fatores que atrasam a entrega definitiva da obra”. Também será necessário ter o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) após o término da obra, o que já está em andamento, informa a municipalidade.
Sobre o prédio da antiga estação ferroviária, que deverá passar por restauro para abrigar um Centro Cultural, Cristina, conforme resposta de requerimento, informou que o Conselho Gestor do FID vai analisar no início de dezembro o novo pedido de prorrogação do prazo do convênio (expirado em 27 de junho de 2018), requerido pela Prefeitura em 13 de junho de 2018, para que a licitação possa ser homologada e as obras iniciadas. “Acredito que este ano não será possível o início do restauro por conta do aguardo da decisão do conselho gestor do FID sobre a prorrogação do prazo do convênio. Então, temos de acompanhar esse processo e esperar que o FID autorize a prorrogação desse prazo por mais 24 meses solicitado pela Prefeitura e que isso se resolva da melhor maneira possível”.
A Presidente quer saber a relação nominal de todos os funcionários efetivos exercendo cargo comissionado e em função de confiança, com respectivos cargos, valor de referência e data da portaria desde janeiro de 2017.
Considerando a aprovação da lei nº 4.457/2017 (taxa do lixo) que, no seu parágrafo 3º do artigo 6º, prevê que as residências onde morem até duas pessoas pagarão o valor correspondente a um imóvel de no máximo 100 m², sendo que para efeito de comprovação deverá ser protocolado requerimento na Prefeitura com os documentos comprobatórios (conta de água e luz), a Presidente pede informação sobre quantos pedidos foram apresentados e quantos foram atendidos, especificando as razões para os deferimentos e indeferimentos.
Cristina indica a necessidade de troca de 15 lâmpadas queimadas no Centro de Convivência Nércio Rossi e melhoria no bebedouro. “A administração deveria dar uma atenção maior às nossas áreas de lazer, deixá-las mais bem cuidadas, inclusive os banheiros do Lago Municipal e Centro de Lazer Nércio Rossi, que precisam ser mais limpos, dispondo de papel higiênico e papel toalha, por exemplo. São detalhes que fazem a diferença e esse tipo de investimento não fica tão caro e a população merece ser bem atendida. Espero que, em relação ao Centro de Convivência Nércio Rossi, a Prefeitura não demore três meses para trocar as lâmpadas queimadas, como demorou da vez anterior”.   

Como Presidente do Legislativo, Cristina parabenizou os professores pelo seu dia (15 de outubro). “Nosso carinho e gratidão a esses profissionais que, além de transmitirem seus conhecimentos e experiências, sabem apoiar seus alunos em suas dificuldades. Só a educação tem o poder de transformar as pessoas, educar é investir num futuro melhor para nossa sociedade. E com paciência, sabedoria e dedicação o professor aponta caminhos, mas deixa que o aluno caminhe com seus próprios pés”. Ela informou também que no dia 29 de outubro, às 19h30, na Câmara Municipal, haverá sessão solene de homenagem aos professores —na mesma sessão, também serão homenageados servidores públicos municipais.   

 

José Eduardo Martins de Souza (Du/PSD) pede a construção de dois banheiros públicos na Praça Mauro Del Guerra, no Jardim Universitário, mais especificamente na divisa com o Unipinhal, e a instalação de um bebedouro. “Essa indicação se justifica pelo fato de a pracinha ter se tornado um ponto de encontro de vários grupos religiosos, estudantis e esportivos durante a semana. Passei por lá recentemente e dois senhores que residem ali próximo falaram comigo dando a sugestão da construção de banheiros. Por estar próximo dali, o Unipinhal, às vezes, até libera o uso de seus banheiros, mas, outras vezes, devido às aulas, acaba não liberando por questão de segurança dentro do campus. Sei que é complicado const ruir os banheiros, envolve vários fatores, mas fica a indicação”.

Ele parabeniza a Cia Teatral Trupeçar, na pessoa de Erivelton Nicolau Borba, pela participação na Mostra Fênix de Linguagens Cênicas de Tupã. “É muito importante a existência de grupos representando a produção artística e cultural de Pinhal em todos os cantos do Brasil. A Cia Trupeçar foi selecionada com dois espetáculos —´Nós, Marias´ e ´João e Maria´— entre mais de 80 montagens de todo o país. Esperemos que a Cia Trupeçar seja premiada, já que o resultado sai neste domingo (21 de outubro). Registro que o grupo de Pinhal demonstra empenho e dedicação ao teatro e à cultura e que tenha êxito em suas atividades futuras”.

Du parabeniza também a empresa Construmais, na pessoa do empresário Júlio César Fillipi, e a Prefeitura pela realização da 2ª Edição da Ação Mais Criança no dia 12 de outubro, na Praça da Independência, “que reuniu milhares de pessoas para uma tarde gostosa, com muitas atrações, prestação de serviço e entretenimento para a população, em especial para as crianças. Mais do que a entrega de presentes, a Ação Mais Criança teve por objetivo promover a inclusão social através da arte, cultura e do esporte. Fiquei feliz em ver tanta gente na praça”. O evento contou ainda com apoio de outras empresas e do Unipinhal.

O Vereador destacou ainda o evento ciclístico Raveli, que movimentou a cidade no último final de semana reunindo centenas de ciclistas. “Parabenizo a Associação Comercial por trazer esse evento pra Pinhal, o Unipinhal por patrocinar essa etapa da competição no município, a Associação dos Atletas de Pinhal e a Prefeitura pelo apoio. Foi um final de semana com lotação de hotéis, boa movimentação em bares, lanchonetes e restaurantes, houve presença de visitantes no Theatro Avenida, no sábado, para assistir a uma peça, enfim, muita gente na cidade movimentando o comércio em geral”.

Du também comentou a colocação de placas de sinalização nos postes de metal espalhados pela cidade com recurso do programa Município de Interesse Turístico. “São placas de sinalização de locais públicos e pontos turísticos. Várias pessoas comentaram comigo dizendo que está ficando bom, que é uma maneira de informar melhor as pessoas que vêm de fora”.

 

Gilberto Viola (PSDB) falou sobre o Dia do Professor (15 de outubro). “Professoras e professores são aqueles que apostam no futuro daqueles que estão a sua frente. Professoras e Professores são a obstinação na esperança por um futuro melhor. Professoras e Professores são o alicerce de uma nação. Magistério é um sacerdócio que quem o exerce não tem o direito de entregar os pontos. No Japão, 1º mundo, todos se curvam diante do imperador, menos o professor porque sabem que sem professor não existe imperador. Um dos maiores orgulhos da minha vida é ter uma filha professora, Alexandra Vanessa Viola.

Nós podemos passar pela vida sem precisar de um advogado, engenheiro, arquiteto, até de um médico ou dentista, mas ninguém passa pela vida sem precisar de um professor”.   

 

Marquinho Rocha (MDB) quer saber como está o andamento da infraestrutura do bairro Parque da Figueira IV, respondendo aos seguintes quesitos: a) Há galerias de águas pluviais já construídas? b) Há guias, sarjetas e asfalto? c) Há água encanada, rede de esgoto, postes com iluminação?. “Cobro melhorias no local há anos, vários proprietários de lotes querem construir suas residências e não conseguem por falta de infraestrutura, muitos  nem têm escritura, há falta de vontade do loteador em fazer toda a infraestrutura. Houve até reuniões com o Prefeito, mas sem resultado concreto”.
Ele pede a reposição de uma placa de sentido único em frente ao nº 449 da rua Senador Saraiva, centro, “pois muitos veículos vêm entrando na contramão pela falta da referida placa”.
Marquinho solicita a limpeza e o desentupimento de um bueiro situado na rua Pastor Ismael dos Santos, em frente ao nº 95, no Monte Alegre, “considerando que a dengue é uma doença iminente e o bueiro acumula muita água”.
O Vereador pede a troca de lâmpada do poste localizado na rua Prudente de Moraes, nº 595, centro, em frente ao Sindicato dos Profissionais da Saúde.

 

Jhonny Laurindo (PSD) solicita informação sobre o andamento do processo de regularização da nova Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis e quando a estrutura do Projeto Catar passará a funcionar no novo barracão [atrás do Matadouro, fechado há muitos anos] feito na gestão passada. “Na época, o barracão foi entregue com placa e solenidade, mas de forma inadequada para funcionar, sem energia elétrica, sem rede de esgoto, enfim, sem nada. Passado mais de um ano, é preciso colocar aquilo pra funcionar. Recebi a informação de que as redes elétrica e hidráulica foram feitas, uma casa ao lado foi adequada para funcionar como refeitório e banheiros. Sabemos ainda que existe recurso para a construção de outro barracão a fim de melhor abrigar o projeto Catar”.

Ele pede que seja verificada a possibilidade da substituição dos bancos da sala de espera do Pronto Atendimento Municipal, “visto que os atuais são de madeira e bastante desconfortáveis para a pessoa que já chega ao local em situação debilitada. Sempre é momento de melhorar e o nosso PA é um dos melhores da região”.

Diante de informação extraoficial da existência de questionamento na Justiça sobre a legalidade da Guarda Municipal, o Vereador quer saber como está esse processo, qual o questionamento feito e qual a implicação nos trabalhos dos guardas municipais. “Solicito ainda que seja informado o número do processo, sua cópia, qual o posicionamento da administração em relação ao assunto e qual o caminho a seguir para solucionar o problema”. Para ele, a Guarda Municipal precisa ser mais reconhecida. “Infelizmente, em gestões passadas, a GM sempre foi deixada em último plano. Quando precisa, ela está presente e, quando não precisa, ela é deixada de lado. O último investimento feito foi na gestão do Ex-Prefeito Paulo Klinger Costa, quando foram adquiridas duas novas viaturas. Investir na GM também é ajudar na segurança pública; então, peço a atenção da administração para a GM”. O Vereador lembrou que esteve na Assembleia Legislativa há algum tempo e conseguiu junto ao deputado estadual Chico Sardelli o empenho de um recurso estadual de R$ 120 mil para a aquisição de novas viaturas para a GM, só que, devido ao período eleitoral, a tramitação da liberação da verba foi prejudicada. “Espero que, passando o processo eleitoral, esse recurso possa chegar até a Prefeitura e ser investido na GM”.

Sobre o Dia do Professor (15 de outubro), Jhonny parabenizou os professores. “Quero registrar aqui o investimento que a administração municipal tem feito na educação, o Prefeito Sergio Del Bianchi Junior teve peito e coragem pra enfrentar um problema que vinha se arrastando há anos: a não regularização de lei federal que prevê o pagamento de 1/3 aos professores municipais em atividades pedagógicas fora da sala de aula, que era direito da categoria. Ele regularizou isso, com impacto de R$ 3 milhões anuais na folha de pagamento da educação. Nenhum Prefeito teve a coragem de colocar a mão nessa cumbuca e ele teve e isso é realidade. O cumprimento dessa lei federal possibilitou, por exemplo, a contratação de professores de Arte e de Educação Físi ca, que estão fazendo uma grande diferença para as crianças. Sabemos que a tarefa do professor é árdua e, muitas vezes, não é reconhecido. Ser professor é muito mais que transmitir conhecimento, não é apenas falar o que sabe, mas inspirar novas atitudes”.      

 

 

Toni Zibordi (PSD) pede a limpeza do cemitério municipal e do cemitério Parque das Acácias em razão da proximidade do Dia de Finados, data em que muitas pessoas vão a esses locais orar pelos seus entes queridos.

Ele solicita a limpeza e manutenção das Praças São Pantaleão e Mauro Del Guerra (Jardim Universitário).

Toni indica a necessidade de poda de árvores existentes no canteiro da avenida Rafael Gualda Garcia, no Jardim das Rosas, sentido Lago da Dinda, principalmente em frente ao nº 180.

 

Vavá Mecânico (PSD) indica a necessidade de ser tomada providência em relação ao bueiro existente na rua Paulino Bertoldo, defronte ao nº 10, no Parque das Nações, “considerando a dificuldade de entrada e saída do veículo da garagem e o risco de acidente para pedestres que por ali passam”.

Vavá solicita placa de `Proibido Parar e Estacionar´ na rua Maria José Bueno Wolf, no Largo São João, com o objetivo de facilitar o tráfego de veículos na citada via pública.

Ele pede uma atenção especial à escadaria situada entre a rua Vereador Paulino Pinto e a avenida Washington Luiz, em frente ao Curtume, “tendo em vista a reclamação de muitas pessoas que se utilizam do referido local”.

 

Vavá parabeniza a Sociedade São Vicente de Paulo pela inauguração da capela de São Vicente de Paulo no dia 27 de setembro.

Porque ser professor
é aprender para ensinar;
porque ser professor é ser dedicação,
paciência e persistência;
porque ser professor é ser mestre,
é saber cativar e inspirar;
porque ser professor é educar.

A todos que dedicam sua vida
a tão nobre e distinta profissão,
um Feliz Dia do Professor!

Cristina Brandão Domingues (MDB) comentou sobre o problema do déficit habitacional no município informando, conforme resposta de requerimento, que existem vários passos para serem cumpridos, sendo um processo demorado, inclusive havendo a necessidade de o município obter recursos financeiros para a realização da infraestrutura total do local. Somente após todo esse trâmite, a CDHU poderá abrir a ordem de início de serviço para a construção das primeiras 265 unidades habitacionais [no Morro Azul]. E as inscrições para o sorteio das unidades habitacionais somente serão abertas quando a CDHU terminar a constru&cc edil;ão das casas”.
Cristina indagou ainda da Prefeitura quais alternativas habitacionais estão sendo consideradas para atender à demanda de mais de 2 mil pessoas. “A pergunta não foi respondida. A administração não pode ficar satisfeita só com essa quantidade de casas pela CDHU, que é um processo demorado. Já fiz uma indicação no sentido de se fazerem lotes urbanizados, que constam no programa de governo do atual Prefeito; então, espero que a administração busque outras alternativas habitacionais além da CDHU. As pessoas que precisam de casa aguardam uma ação mais efetiva do município”.
Sobre as quadras esportivas cobertas construídas no Centro de Lazer Daniel Couto (Raspadão) e no estádio municipal José Costa, cujas obras estão paralisadas, a Presidente solicitou providências para que as obras, iniciadas em 2014, tenham continuidade e possam ser entregues logo à população. “A quadra no Raspadão falta pouco para terminar e a que fica no estádio José Costa está abandonada, é uma pena, é lamentável, já que a população precisa de espaços esportivos e de lazer. Já fiz indicação tempos atrás pedindo melhorias nos vestiários, banheiros e gramado do estádio José Costa. Que a administração municipal volte seu olhar para esse espaço que, à noite, fica todo escur o e aberto, motivo de preocupação por parte de moradores que residem ali próximo. Tivemos a informação de que o contrato com a empresa responsável pelas obras foi prorrogado até 26 de novembro de 2018”.
Considerando resposta ao requerimento nº 261/2018, de 3 de outubro de 2018, e considerando os valores pactuados entre a Prefeitura e a Tuga, a Presidente quer saber o número de alunos transportados da rede municipal, divididos entre infantil e fundamental, zona urbana e rural; número de alunos da rede estadual e número de alunos da Escola Agrícola e da Associação Civil Crescer no Campo.
Cristina quer saber se o programa Acessa São Paulo está em pleno funcionamento, quantas pessoas usam por mês, quem é a pessoa que cuida do espaço e como é o controle das pessoas que utilizam o local.
A Presidente pede melhorias na avenida Romualdo de Souza Brito, como o tapamento de buracos no quarteirão da Casa do Lavrador, manutenção/reforma das muretas de proteção localizadas em toda sua extensão e conservação das guias e sarjetas e das grelhas de escoamento de água.
Ela agradeceu aos eleitores pinhalenses pela eleição de Barros Munhoz (deputado estadual) e Arnaldo Jardim (deputado federal) e reafirmou seu compromisso em continuar a trabalhar em prol da população, do hospital, do Instituto Bezerra de Menezes e das entidades, em parceria com esses deputados. 

 

 

José Eduardo Martins de Souza (Du/PSD) falou sobre eleições 2018. “Embora tenha criticado o deputado federal Arnaldo Jardim por ter abandonado Pinhal nos últimos dois anos, jamais falei que ele não apoia a cidade nem que nunca trabalhou por ela, ele trabalhou, sim, muito por Espírito Santo do Pinhal. Resultado disso foi sua votação em 2014, mas a nossa crítica pegou no deputado que ele teve de reforçar sua campanha em Pinhal, acredito eu, tanto é que no último dia de campanha esteve na cidade. Tinha certeza de que ele seria reeleito; então, gostaria que os Vereadores da oposição assumissem um compromisso com a população para que a partir de hoje o deputado passe a cuidar melhor da nossa cidade como cuidava quando o Prefeito era o Zeca Bene, que mande recursos pra Pi nhal como mandava na época do Zeca Bene, que ele não faça a palhaçada de vir a público em redes sociais e dizer que o atual Prefeito Sergio Del Bianchi Junior é inoperante, incompetente, que não fez nenhum pedido a ele. Isso é mentira, eu mostrei aqui, na tribuna, vários pedidos feitos pelo Prefeito. Vocês acham que o deputado que chegou a ter mais de 12 mil votos em 2014 precisa receber ofício do Prefeito para lembrar da cidade?  Ele não precisa. Comparando com a última eleição, ele teve uma queda de cerca de 5 mil votos agora. Precisamos, sim, da ajuda de deputados e ele, no caso, tem como ajudar a cidade sem querer agradar ao Prefeito, basta enviar recursos às entidades. Quero chegar aqui, na última sessão do meu mandato em 2020, e dizer que o deputado Arnaldo Jardim reconheceu e olhou para a nossa cidade i ndependentemente de quem seja o Prefeito, porque quem ganha é o município”.

Ele agradeceu aos eleitores pela votação em Guilherme Campos (candidato a deputado federal, que não foi eleito), “que tem sido um grande parceiro do Prefeito no sentido de abrir portas em Brasília, em São Paulo e em todos os outros lugares a fim de buscar recursos”.  

Sobre a escola municipal Antonio Costa, que fica atrás do hospital, Du informou que será construída uma nova sala de aula  para que o maternal e o pré-integral possam permanecer no local. “É uma demanda dos pais de alunos, que procuraram este Vereador para ajudá-los. Eu e o Jhonny estivemos lá acompanhando a solução dessa questão”. 

 

 

Gilberto Viola (PSDB) agradeceu aos eleitores de Pinhal pela eleição de Barros Munhoz (deputado estadual) e Arnaldo Jardim (deputado federal). “Recebi ligações deles solicitando que eu fizesse na tribuna desta Casa de Leis um agradecimento pela espetacular votação que obtiveram em Pinhal. Arnaldo quase 40% dos votos e Barros mais de 40%. Essa é uma vitória que não é do Viola, Cristina, Adriano, Lourdes e Marquinho, é uma vitória da população de Pinhal que reconheceu  o trabalho feito por esses deputados ao longo do tempo. Mais uma vez muito obrigado povo pinhalense”.

 

Adriano Salvi (PSDB) falou sobre a Tuga (responsável pelo transporte público na cidade). “Vamos ter de saber qual o impacto financeiro para a empresa conceder gratuidade às pessoas acima de 60 anos para que possamos conversar com o Prefeito, conversar novamente com a direção da empresa a fim de tornar essa lei realidade, beneficiando assim os usuários. Gostaria também de fazer um esclarecimento: duas sessões atrás fui muito duro com a Tuga e, às vezes, no nervosismo a gente se excede. Então, tive a hombridade de conversar pessoalmente com o diretor e o gerente da empresa e pedir desculpa pelo excesso nas palavras e, em nenhum momento, tive a intenção de ofender os funcionários, mas o importante é destacar de maneira educa da que estamos no Legislativo para representar o povo. Se o serviço prestado pela Tuga estiver bacana, cabe a nós elogiar; se não estiver legal, cabe a nós pontuar e é isso que estamos fazendo no momento. Também gostaria de agradecer a empresa por atender à nossa reivindicação feita há duas semanas, que foi a extensão do horário dos ônibus para depois das 20 horas em razão da chegada da imagem de Nossa Senhora a Pinhal e da celebração religiosa por consequência. Assim, fiéis puderam voltar para casa de ônibus. Por isso, a empresa merece elogio”.  
Ele quer saber quando a Prefeitura dará a devida manutenção na entrada do distrito industrial Irmãos Del Guerra, tendo em vista que foram apresentadas indicações nesse sentido e que, até o momento, nenhuma providência foi tomada. “Cumpre salientar que diversas empresas estão ali instaladas e os cerca de 800 funcionários dessas empresas correm risco diariamente devido à péssima condição de entrada do local. Cabe destacar ainda que a Renovias foi acionada, porém não lhe cabe essa manutenção”.
Adriano pede informação sobre um serviço de limpeza de bueiro não executado na avenida Lauro Fernandes Baleeiro, em frente ao nº 540, “visto que após seis protocolos/pedidos dos moradores nada foi feito. O importante é resolver logo o problema”. 
Ele indica a necessidade de ser realizada troca de lâmpada do poste localizado na rua Cristófilo A. de Marco, de frente à construção existente na esquina e na rua Divino Filiponi, em frente ao nº 515, no Monte Alegre.
Sobre eleições 2018, Adriano agradeceu aos eleitores pela eleição de Arnaldo Jardim (deputado federal) e Barros Munhoz (deputado estadual). “Eles tiveram uma votação expressiva em Pinhal, foram reeleitos. Gostaria que mais candidatos a deputado que ajudam efetivamente Pinhal tivessem mais votos aqui. Mas desculpem a franqueza: nós querendo discutir política e elegemos Tiririca e Alexandre Frota, acho que precisamos fazer uma reavaliação do que queremos para o nosso país. Pessoal, só existe corrupção se o povo é corrompido e, quando a gente vota num palhaço, lá na frente não adianta cobrar postura de político”.
O Vereador parabeniza a equipe de futsal masculino da empresa Palini & Alves, nas pessoas de Carlos Roberto Palini e Flávio Pereira Alves, proprietários da empresa, pela conquista do campeonato regional dos jogos do Sesi 2018 ocorrido em Mogi Guaçu.  O torneio reuniu mais de 15 modalidades esportivas com a participação de 300 atletas. “Esse excelente resultado dos atletas colocou o nome de Pinhal em evidência positiva em toda a região”. O transporte até Mogi Guaçu foi feito em parceria com a Prefeitura.
Adriano requer a retirada de um cacho de marimbondos/abelhas existente na EMEB Francisco Álvares Florence (Parcão), visto que esses insetos entram nas casas dos moradores da região.
O Vereador indica a necessidade de serem instalados diversos pontos de energia no cemitério municipal bem como aumentar a quantidade de pontos de água com o intuito de atender à demanda da população na limpeza, reforma e construção de túmulos.

 

 

Marquinho Rocha (MDB) falou sobre a Tuga (responsável pelo transporte público na cidade). “O Prefeito fez cinco termos aditivos com a Tuga que somam R$ 2,9 milhões. O proprietário da Tuga alegou não ter condição financeira de cumprir a lei municipal que garante gratuidade às pessoas acima de 60 anos. Então, eu pergunto: que estamos fazendo aqui? Fazendo leis para não serem cumpridas? O município se curvando a um empresário que explora o transporte público em nossa cidade? Tinha de ter havido licitação em 2016 (“quando Vereador, o atual Prefeito votou para que houvesse licitação, como eu t ambém votei”), quando o contrato venceu, e, até o momento, também não houve licitação. Por que não há licitação? Quem está ganhando com isso, além do proprietário da empresa? Seria a população? Eu acho que não. Os veículos são antigos, usam diesel, mais poluente que o biodiesel, valor da passagem caro, houve corte de linhas, usuários reclamando de que alguns motoristas são mal-educados. Como o proprietário da empresa não vem cumprindo a lei municipal, minha indicação é pelo encaminhamento do problema ao Ministério Público. Se não está cumprindo a lei, não tem condição de cumpri-la alegando que, muitas vezes, o transporte público dá prejuízo, está fazendo o quê, aqui?”.  
Sobre eleições 2018, Marquinho agradeceu aos eleitores pela eleição de Barros Munhoz (deputado estadual) e Baleia Rossi (deputado federal). “Barros Munhoz é o deputado que mais faz e fez por Pinhal, já é a quarta eleição que trabalho pra ele, visto os benefícios que a cidade recebe através desse deputado, tão conceituado em Pinhal e Itapira, foi o candidato a deputado estadual mais bem votado em Pinhal. Também trabalhei para Baleia Rossi, que faz emendas parlamentares para entidades da cidade, como a de R$ 100 mil para o Instituto Bezerra de Menezes. Vamos continuar ajudando a cidade com esses dois deputados”.  
Ele indica a necessidade de ser realizada pintura de faixa de estacionamento em toda a quadra final da rua Marquês do Herval, visto não existir faixa neste local e para facilitar o estacionamento e propiciar mais vagas.

 

Jhonny Laurindo (PSD) falou sobre a lei de sua autoria, aprovada pela Câmara Municipal, que estabelece a responsabilidade do pagamento do IPTU pelo loteador que ainda não entregou oficialmente seu loteamento com a infraestrutura adequada, apto à construção de imóveis. “Peço à Prefeitura que inicie os procedimentos para fazer valer a lei em 2019, quando os carnês de IPTU do próximo ano serão distribuídos, e isso pode fazer com que o loteador agilize as obras para evitar arcar com esse custo. Então, a Prefeitura não pode cochilar”.

O Vereador também pediu agilidade na conclusão da obra do novo refeitório/cozinha da escola municipal Gilberto Leite Vieira, na Vila São Pedro. “O novo refeitório/cozinha foi reivindicação de mães de alunos e funcionárias da escola. Fui atendido nesse pedido pela Prefeitura, mas a obra está uma gestação. Gostaria de uma atenção do Departamento de Obras para a sua conclusão”.

Jhonny solicitou ainda agilidade da administração para a colocação dos aparelhos de ginástica nas dependências do poliesportivo da Vila São Pedro. “É inadmissível essa demora!”.

Sobre eleições 2018, o Vereador sugere um pacto entre os partidos para evitar a sujeira de propaganda política [santinhos, panfletos] nas ruas em época de eleição. “É proibido por lei. Em Pinhal, as ruas ficaram muito sujas. Se conseguirmos evitar isso, Pinhal dará exemplo para o país. Na minha campanha a Vereador, não fiz isso e nunca farei. Ninguém merece ter a porta de sua casa suja e, além do mais, o recolhimento dessa sujeira representa um custo a mais para a Prefeitura porque aumenta o volume de lixo a ser enviado para Paulínia, é dinheiro do povo que poderia ser investido em outra área. Então, da próxima vez, poderemos dizer aos eleitores não votarem em quem suja as ruas. Acho que a conscientização é o melhor caminho”.

 

 

Toni Zibordi (PSD) pede informação sobre o andamento das obras da nova EMEB Francisco Álvares Florence (Parcão). “Estive lá e vi uma parede torta. Precisamos, então, fiscalizar o trabalho da empreiteira”.

O Vereador quer saber se existe previsão para a realização da Festa do Café em 2018, considerando a tradição desta festa, a parceria com as entidades assistenciais do município e o pedido da população para a sua realização.

Toni requer informação sobre a previsão para a instalação dos aparelhos de ginástica no poliesportivo da Vila São Pedro, considerando que já foi feita terraplenagem para tal instalação e que a população aguarda “ansiosamente. Agora, está fácil resolver isso”.

Ele solicita o reforço da sinalização de solo, principalmente das faixas de pedestre de toda a cidade, dando preferência para as localizadas em frente às escolas estaduais e municipais.

Toni solicita a pintura da faixa amarela de sinalização do 1º ponto exclusivo para caminhões locados, localizado na rua Armando Paiva, em frente ao nº 33, bem como o reforço da sinalização do 2º ponto localizado entre o Posto de Combustíveis Antonieta e o prédio da antiga estação ferroviária.

O Vereador indica a necessidade de manutenção ou retirada urgente da ponte de madeira localizada no rio que corre entre a Vila São Pedro e o Jardim Varan, visto suas “péssimas condições de uso, colocando em risco as pessoas que por lá passam”.

 

Vavá Mecânico (PSD) pede a Prefeitura que passe a máquina na rua Plínio Rubens de Camargo, no Jardim Lélia, visto que está muito esburacada, dificultando o trânsito de veículos. “A rua é de terra. Na seca, pó; na chuva, barro. Que a Prefeitura dê uma atenção especial a essa rua”.

O Vereador solicita a pintura da faixa de pedestre localizada na avenida Washington Luiz, próximo à escadaria da Praça Antônio Pereira, para facilitar o trânsito de mães e alunos da EMEB Águeda Fernandes Vergueiro.

Vavá requer a troca de lâmpada do poste localizado na rua Antonio Peres, em frente ao nº 25, no Parque do Lago. “O serviço precisa ser feito logo para dar maior segurança àquele local. Acredito que o departamento competente vai atender a esse pedido”.

Ele parabenizou os Vicentinos, na pessoa do Valdiro Pancrácio, pela construção da capela São Vicente de Paulo, que fica nas dependências da Associação São Vicente de Paulo, na rua Floriano Peixoto, 434. “Ficou muito bonita. Essas pessoas que ajudaram nos enchem de orgulho de sermos Vicentinos. Parabéns”.

 

Maria de Lourdes Santiago (PPS), que trabalha pela causa animal há 23 anos, pediu a colaboração da população para evitar deixar animais em frente ao canil São Francisco, do qual é voluntária, porque está lotado (tem mais de 250 cães e gatos), não podendo mais receber animais. Segundo ela, o canil já foi notificado pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e, se descumprir, a subvenção da Prefeitura à Associação Pinhalense Protetora dos Animais São Francisco de Assis, mantenedora do canil, poderá ser su spensa, dificultando a manutenção do canil. “Por isso, peço essa colaboração, é o apelo que faço. Além disso, peço para donos de animais pertencentes a famílias de baixa renda que façam as castrações de seus animais no CCZ, que teve a sala cirúrgica reformada para esse fim [a reforma foi bancada pela empresária Divanei Auricchio, a pedido da Vereadora, que é sua amiga]. Quem não tem condição financeira de cuidar de um animal, não pegue, por favor. Senão, ele vai sofrer e ficar abandonado. Se tiver condição, faça a castração do seu animal”.
Lourdes lembra que, antes da criação do canil, havia muitos animais nas ruas. “Sentia pena e comecei a me envolver nisso, tanto é que a minha vida é cuidar de animais o dia todo”.
Ela falou sobre eleições 2018 agradecendo aos eleitores pela eleição de Arnaldo Jardim (deputado federal) e Barros Munhoz (deputado estadual). “Trabalhei pra eles, que vão continuar ajudando a cidade, como sempre fizeram. Obrigada a todos”.

Tendo em vista que a Prefeitura fez a concessão do serviço de transporte público municipal à Tuga, os Vereadores cobram informações da municipalidade sobre os serviços prestados pela empresa em razão das reclamações recebidas de usuários e também pelo descumprimento da lei nº 4505, de 30 de maio de 2018, que garante gratuidade para pessoas acima de 60 anos e permissão para entrar por ambas as portas.
A Prefeitura é a gestora do contrato e a responsável pela fiscalização dos serviços prestados pela empresa. Diante disso, foram pedidas as seguintes informações: a) Número de pagantes transportados por dia pela Tuga, detalhando linha e período; b) Número de não pagantes transportados por dia, detalhando quantos idosos, deficientes e alunos; c) Itinerário ofertado, km percorrido por dia por itinerário (horário e linhas); d) Quantas carteirinhas de idosos, deficientes e estudantes; e) Custos operacionais, quantitativo da frota (ano, modelo) e f) Custos para absorver público beneficiado pela lei nº 4505.

EXPEDIENTE:

I – Discussão e votação da Ata da 23ª Sessão Ordinária realizada em 8 de outubro passado.

II - Expediente do Senhor Prefeito Municipal;

III - Expediente dos Srs. Vereadores;

IV - Tribuna Livre.

ORDEM DO DIA:

1) Discussão e votação única do PROJETO DE LEI nº 68/2018, do Executivo, que dispõe sobre a alteração no teor dos artigos 2º, 3º, Caput e Parágrafo Único, 4º e 5º, Caput e Parágrafo Único, todos da Lei Municipal nº 4.406, de 11 de abril de 2017, que dispõe sobre criação do “Distrito Industrial Laércio Casalecchi", de propriedade do Município de Espírito Santo do Pinhal-SP e outras providências.

2) Discussão e votação única do PROJETO DE LEI nº 71/2018, de autoria do Vereador Dione Laurindo, que institui a Semana da Juventude Cristã no Município de Espírito Santo do Pinhal e dá outras providências.

3) Discussão e votação única do PROJETO DE RESOLUÇÃO nº 02/2018, de autoria da Vereadora Cristina Brandão Domingues, que institui comemoração oficial alusiva aos 140 anos de fundação da Câmara Municipal de Espírito Santo do Pinhal e dá outras providências.

Vereadora CRISTINA BRANDÃO DOMINGUES
Presidente

- Projeto do Vereador Jhonny Laurindo que institui em Espírito Santo do Pinhal o Dia Municipal do Protetor de Animais.
A próxima sessão está marcada para o dia 15 de outubro, às 19h30,

O membro do Coral Pinhalense Antonio Carlos Cavalheiro da Silva usou a Tribuna Livre na sessão de segunda-feira (8 de outubro) para convidar os Vereadores e a população para o XXXIV Encontro Pinhalense de Corais a ser realizado no dia 20 de outubro, às 20 horas, no Theatro Avenida. A entrada é gratuita. O evento, que vai prestar homenagem póstuma ao maestro Elsio Almas Torres, reunirá cinco corais: de Pinhal, Andradas, Americana, Santo Antônio do Jardim e Mogi Guaçu.
Antonio Carlos Cavalheiro disse ainda que o objetivo do evento é incrementar o canto coral, reforçar os laços de amizade e elevar a cultura e o nome de Pinhal.

APURAÇÃO DOS VOTOS DE PINHAL E
JARDIM ACONTECEU NA CÂMARA MUNICIPAL

O plenário da Câmara Municipal foi o local escolhido pela Justiça Eleitoral para apuração dos votos de Espírito Santo do Pinhal e Santo Antônio do Jardim ocorrida no último domingo (8 de outubro), data do 1º turno das eleições gerais 2018.
A Presidente da Câmara Municipal, Cristina Brandão Domingues, recepcionou a juíza eleitoral Patrícia Ribeiro Bacciotti, o promotor eleitoral Raul Ribeiro Sóra e o chefe do Cartório Eleitoral, José Carlos Macedo, e demais membros da equipe, além de voluntários.
Também estiveram acompanhando os trabalhos os Vereadores Adriano Salvi, Du Martins, Gilberto Viola e Jhonny Laurindo.

Veja os mais votados em Espírito Santo do Pinhal

Para presidente:
Jair Bolsonaro (PSL) – 12.967 votos
Geraldo Alckmin (PSDB) – 3.951 votos
Fernando Haddad (PT) – 2.000 votos

Para governador:
João Dória (PSDB) – 8.115 votos
Márcio França (PSB) – 5.381 votos
Paulo Skaf (MDB) – 3.441 votos

Para senador:
Major Olímpio (PSL) – 8.177 votos
Ricardo Trípoli (PSDB) – 7.225 votos

Para deputado federal:
Arnaldo Jardim (PPS) – 7.758 votos
Guilherme Campos (PSD) – 2.760 votos
Eduardo Bolsonaro (PSL) – 1.394 votos

Para deputado estadual:
Barros Munhoz (PSB) – 8.900 votos
Janaína Pascoal (PSL) – 1.712 votos
Marcos Müller (PR) – 1.459 votos

Votação dos pinhalenses em Pinhal:
Sandra Whitaker (PRB), candidata a deputada federal – 522 votos
Marcos Müller (PR), candidato a deputado estadual - 1.459 votos
Telma Santana (PT), candidata a deputada estadual – 145 votos
Marta Ferreira (MDB), candidata a deputada estadual – 171 votos

Veja os mais votados em Santo Antônio do Jardim

Para presidente:
Jair Bolsonaro (PSL) - 2.182 votos
Geraldo Alckmin (PSDB) – 640 votos
Fernando Haddad (PT) – 442 votos

Para governador:
João Dória (PSDB) – 1.563 votos
Márcio França (PSB) – 593 votos
Paulo Skaf (MDB) – 479 votos


Para senador:
Mara Gabrilli (PSDB) – 1.356 votos
Major Olímpio (PSL) – 1.330 votos

Para deputado federal:
Guilherme Campos (PSD) – 960 votos
Eduardo Bolsonaro (PSL) – 220 votos
Joice Hasselmann (PSL) – 196 votos

Para deputado estadual:
Barros Munhoz (PSB) – 1.054 votos
Janaína Pascoal (PSL) – 285 votos
Clélia Gomes da Silva (Avante) - 188 votos

Cristina Brandão Domingues (MDB), tendo em vista a desocupação recente do prédio da antiga estação ferroviária pela Coopinhal, quer saber em que fase se encontra a licitação para a revitalização da antiga estação ferroviária, detalhando o resultado do certame, informando ainda qual a previsão para o início das obras e se houve deferimento por parte do FID (Fundo Estadual de Interesses Difusos) em relação à prorrogação do prazo do convênio (no valor de R$ 2,7 milhões). “Esse era meu desejo e da maioria da população pinhalense que quer ver o prédio restaurado o mais breve possível, preservando assim nosso patrimônio hist&oacu te;rico, e podendo promover nesse importante espaço cultural atividades artísticas e culturais a todos os segmentos da população. Tais atividades podem proporcionar integração social e estimular habilidades em nossos jovens”.
Sobre a Tuga (responsável pelo transporte público), Cristina informou sobre a reunião que acontece na tarde desta quinta-feira (4 de outubro), na Câmara Municipal, com a direção da empresa para discutir os problemas levantados pelos usuários, como o não cumprimento da lei municipal (autoria de Adriano Salvi e Gilberto Viola), que estabelece gratuidade no transporte urbano a quem tem acima de 60 anos e a permissão de entrar por ambas as portas. “As reclamações de usuários deixadas na Câmara Municipal serão encaminhadas à empresa. Precisamos ter esse diálogo com a Tuga, saber o motivo de não estar cumprindo a lei municipal e, dependendo do resultado da reunião, vamos tomar as devidas providências junto ao Ministério Público”.
Quanto ao acervo histórico do Poder Legislativo (que completa 140 anos de existência em 2019), a Presidente explicou que “a Câmara Municipal tem uma riqueza imensa de livros, fotos e documentos que retratam a vida do nosso município e a importância do Poder Legislativo na história de nossa cidade. Em 2014, a professora de História Valéria Torres iniciou esse trabalho juntamente com o jovem Felipe Katz, quando o presidente da Câmara Municipal era Sergio Del Bianchi Junior (atual Prefeito). Valéria e Felipe avaliaram a documentação, catalogaram e iniciaram a organização dos documentos, porém não foi possível iniciar a digitalização desse material, que deve ser urgente tendo em vista os riscos que acervos desta natureza correm constantemente. Além diss o, sua organização prestará um enorme serviço à comunidade pinhalense, aos nossos jovens estudantes porque contém registros importantes de nossa história. Então, iremos retomar esse projeto com a intenção de deixá-lo em plenas condições de utilização e consulta pública para toda nossa população. Tenho certeza de que, com isso, o Poder Legislativo estará produzindo e disponibilizando um marcante serviço público de preservação e conservação da memória histórica de Pinhal”.   
Cristina indica a necessidade de serem servidos lanches para as participantes do curso Costurando o Futuro oferecido pelo Departamento de Promoção Social em parceria com o Fundo Social de Solidariedade.
Ela pede a colocação de redutor na rua Ana Pio Sales, nas proximidades do nº 63, na Vila de Fátima, “visto que os veículos descem a rua em alta velocidade, causando risco de acidente aos moradores da região”.
A Presidente sugere a colocação de placa de advertência ´Proibido Trânsito de Caminhões´ no cruzamento da rua Sebastião Luiz Ruótolo com a rua Ângelo Guerino e com a avenida do Café, “devido à valeta de grande profundidade existente no local”.
Ela parabeniza a Casa do Escritor Pinhalense Edgard Cavalheiro, na pessoa de seu presidente João Batista Rozon, pela realização da VI Semana Edgard Cavalheiro nos dias 27, 28 e 29 de setembro, no Theatro Avenida.

 

 

José Eduardo Martins de Souza (Du/PSD) falou sobre o distrito industrial Waldemar Pereira, que fica na rodovia Pinhal/Mogi Guaçu. “Na segunda-feira, o Prefeito esteve com representantes da Sabesp conversando sobre a ordem de serviço para a construção da rede de água e esgoto no local. Nessa conversa, o Prefeito também falou sobre a rede de água e esgoto no futuro conjunto habitacional no Morro Azul [proximidades da Escola Agrícola] . O Prefeito está intimamente ligado a essas questões e estive recentemente com outros Vereadores nesse distrito industrial, regularizado nessa administração, e tive orgulho de ver as colunas prontas do novo barracão da Delphi/Aptiv, estão fazendo a cobertura, uma obra de mais de 16 mil m², é uma fábrica que vai servir de âncor a para outras fábricas, é isso que queremos, é o momento de darmos as mãos e irmos em busca de outras empresas objetivando o desenvolvimento de Pinhal. No começo do ano que vem, já teremos a mudança da Delphi/Aptiv para esse novo barracão, gerando assim mais empregos”.

Sobre eleições 2018, Du disse ser um momento importante para o país porque os eleitores vão escolher seus representantes.

Sobre o Outubro Rosa, Du destacou a importância da prevenção do câncer de mama. “No início do ano, tivemos em Pinhal a presença da carreta da mamografia, que possibilitou a realização de exames gratuitos em várias mulheres, dando ainda as devidas orientações em caso de algum problema detectado”.

Ele parabeniza o Prefeito Sergio Del Bianchi Junior e o diretor de Cultura, Paulo Stéfani Tobias, pelo sucesso do primeiro Flashback realizado na Praça da Independência no último sábado (29 de setembro). “Cabe salientar que este evento foi indicado por mim e pelo Vereador Jhonny Laurindo após recebermos uma demanda direta da população. Um público família — pais, filhos, tios, avós— prestigiou o evento, que foi um sucesso e que outras edições sejam realizadas para entreter e oferecer cultura e lazer à população. É um evento que veio pra ficar e o Prefeito se comprometeu a realizar a segunda edição ainda neste mês de outubro”. Também destacou outro evento realizado no mesmo sábado, na praça Mauro Del Guerra, no Jardim Universitário. “Foi a Batalha de Rap, com rimas musicais, que não contou com nenhum apoio. Muitos jovens marcaram presença nesse evento”.

Du também parabenizou a organização da VI Semana Edgard Cavalheiro realizada nos dias 27, 28 e 29 de setembro, no Theatro Avenida, que envolveu também a rede municipal de educação. “Participei na sexta-feira junto com meu grupo teatral e a gente espera que esse evento possa ser incluído no calendário cultural do estado de São Paulo já que, no calendário cultural do município, ele já está incluído”.

Ele lembrou o Dia do Vereador, 1º de outubro, destacando o trabalho social que os Vereadores também desempenham em prol da população. “E que continuemos firmes em nosso trabalho”.

 

 

 

Gilberto Viola (PSDB) falou sobre o Dia Internacional do Idoso, 1º de outubro, criado para homenagear as pessoas que já passaram dos 60 anos. “Nossa cidade tem tudo para proporcionar uma vida de qualidade às pessoas da terceira idade, temos um clima maravilhoso, água de excelente qualidade, atividades esportivas e a Associação dos Aposentados. O único ponto triste é o atendimento que a empresa de ônibus Tuga está dando aos nossos idosos, não os tratando com a devida consideração, desrespeitando a nossa lei [que estabelece gratuidade no transporte urbano a quem tem acima de 60 anos e a permissão de entrar por ambas as portas]. Vamos tentar resolver esse assunto na reunião desta semana ou iremos acionar o Ministério Público”.

Sobre a importância do voto, Viola lembrou que “nenhum político entra pela porta dos fundos, são colocados por nós, eleitores. O voto muito mais que obrigação é um direito que o cidadão tem. É triste ver deputados terem 300, 500, 700 votos em Pinhal e não terem ideia de onde fica a nossa cidade”.

 

 

Marquinho Rocha (MDB) leu resposta do Departamento de Promoção Social a seu requerimento sobre andarilhos que ficam numa pracinha nas proximidades do Mercado Municipal, motivo de reclamações de moradores que residem na vizinhança. O departamento informa que há “uma parceria com o Educandário visando à ressocialização de moradores de rua após abrigamento e avaliação psicossocial, de saúde e processo de desintoxicação. Essa parceria tem apresentado resultado, inclusive com reinserção no mercado de trabalho. Em relação aos moradores da Praça Thereza Maria de Jesus (Chafariz), informamos que a maioria &eac ute; atendida sistematicamente pela estrutura municipal, inclusive no último mês de julho 11 pessoas foram internadas após intervenção da equipe de assistência social. Ressaltamos ainda que a maioria dos moradores de rua que ficam nesse local já participou de ações sociais ofertadas pela municipalidade, mas, após algum tempo, recusou-se a continuar o tratamento. O Departamento de Promoção Social não age com descaso com a população de rua, atua com diagnóstico e planejamento, age com gestão, respeitando sobretudo a dignidade humana e os seus direitos. Resumindo, a população de rua está sendo cuidada através de visitas (chamadas de busca ativa), internações e acompanhamento familiar. As visitas ocorrem semanalmente ou toda vez que há ação coordenada entre CREAS (Centro de Referência Especializa do de Assistência Social), CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), Guarda Municipal e outros setores da municipalidade”. Segundo o Vereador, houve uma redução no número de andarilhos na Praça Thereza Maria de Jesus (Chafariz) e uma consequente migração para a Praça de São Benedito.

Marquinho também leu resposta da Prefeitura a seu requerimento sobre plano de demissão voluntária (PDV) na Prefeitura. O Departamento de Administração informou que estuda a elaboração de um projeto sobre o assunto, “mas que não guarda qualquer relação com a complementação de aposentadoria”. E que o estudo deverá ser concluído em 90 dias. O Vereador citou que deve haver na Prefeitura entre 130 e 140 servidores concursados aposentados de um total de cerca de 1,1 mil funcionários. “Pelo que a gente sabe, a maioria desses aposentados poderia deixar a Prefeitura caso viesse a ter a complementação da aposentadoria. Então, voltarei a fazer um novo requerimento para que a Prefeitura esclareça melhor esse assunto”.
Sobre o plano de mobilidade urbana a ser apresentado pela Prefeitura à Câmara Municipal, Marquinho informou, com base na resposta do Departamento de Obras e Planejamento Urbano a seu requerimento, que o plano está sendo avaliado por grupo de trabalho e que, em breve, será encaminhado ao Legislativo.

 

 

 

Toni Zibordi (PSD) pede que se passe a máquina na estrada rural dos bairros Sertãozinho e Paineirinha (estrada virou rota para fugir do pedágio, lembra o Vereador).

Ele solicita a troca de lâmpada queimada do poste localizado na rua Maria José Bueno Wolf, em frente à casa de nº 60, no Largo São João. “Esse problema vem se repetindo e sempre que pedi fui atendido”.

Toni indica a necessidade da retirada de entulho e restos de jardinagem da rua Antonio Zerneri, em frente à casa de nº 40, na Vila Madruga, visto reclamações de que o caminhão de coleta não passa nesse bairro há aproximadamente dois meses, possibilitando o aparecimento de ratos e animais peçonhentos. “Fiquei sabendo que a máquina que faz esse serviço quebrou e espero que seja consertada o mais rápido possível”.

Sobre o trabalho do Vereador, ele disse que é intenso porque, a qualquer hora do dia, tem de atender a população e se não conseguir resolver determinado assunto tem de pelo menos dar uma satisfação à pessoa.

Toni agradeceu ao Prefeito Sergio Del Bianchi Junior por ter atendido à sua indicação de envernizar os bancos de madeira da Praça da Independência e ao diretor de Serviços Urbanos, João Bertoldo Sobrinho, por ter também atendido a uma indicação sua para podar árvores na Praça Dimas Camargo, no Monte Alegre, “só faltando agora trocar uma lâmpada queimada na praça e acredito que o serviço será feito”.

Ele contou ainda que participou recentemente de almoço beneficente em prol do Lar Jesus, que reuniu em torno de 150 pessoas. “Parabéns aos organizadores do evento, que trabalharam de forma voluntária, e às pessoas que lá compareceram para ajudar a entidade”.

 

 

Jhonny Laurindo (PSD) lembrou o Dia Internacional do Idoso, 1º de outubro, destacando que tem batalhado pelas questões da terceira idade. “É um dia de reflexão e as políticas públicas voltadas a esse segmento ainda são insuficientes para devolver a eles o que um dia fizeram pela nossa cidade. Fiz uma emenda ao orçamento municipal de 2019 que destina R$ 30 mil ao Lar da Terceira Idade, é pouco, mas vai dar uma ajuda”.

Ele solicita a manutenção da estrada vicinal Pinhal/Jacutinga com o tapa-buracos e limpeza das margens. “Cumpre salientar que se faz necessária a manutenção periódica e também devido à proximidade do dia 12 de outubro, quando muitos fiéis se dirigem até a gruta lá existente. Se possível, que se faça uma sinalização com faixas para informar os motoristas sobre o trânsito de pessoas a pé pelo local”.

Jhoony pede sinalização de solo e de placas nos pontos de ônibus, uma vez que muitos motoristas não respeitam os espaços, o que dificulta a parada nos locais e, consequentemente, prejudica o embarque e desembarque de passageiros. “Indico que se faça a devida sinalização quando o ponto de ônibus estiver apto para a descida da plataforma de embarque de cadeirantes”. Solicita ainda a pintura de solo na rua Tiradentes, proximidades do Unipinhal, para evitar acidentes. “Gostaria que o Departamento de Planejamento Urbano desse uma atenção especial a isso, já que assumiu um compromisso de fazer esse serviço e ainda não o fez”.

Ele parabenizou o cidadão Lucas Daniel Teodoro pelo trabalho voluntário que realiza no Jardim Brasil com a criançada nos finais de semana. São atividades de entretenimento para evitar que as crianças fiquem nas ruas. “Ele participa de eventos pela região e quer trazer para Pinhal o I Festival Regional de Pipas, que deverá reunir mais de 25 cidades da região. A Prefeitura abraçou a causa e vai colaborar com o evento, que deverá acontecer em 4 de novembro”.

Jhonny falou também sobre eleições 2018. “Eu me entristeço em acompanhar as redes sociais, muitas pessoas se digladiando por causa de candidatos, o radicalismo imperando. Vamos tomar um pouco mais de cuidado e cautela, as eleições passam e a vida continua, os laços familiares e de amizade devem continuar. Quero conscientizar a população na hora do voto: assim como nós, Vereadores, fomos eleitos para trabalhar por quatro anos, assim são os deputados. Não adianta se dedicarem dois anos e acharem que cumpriram sua obrigação, não é bem assim. Analise seus candidatos, não se deixe influenciar por quem quer que seja, votar é um dos únicos momentos da vida em que você está ali de forma secreta, sem ninguém saber. Então, exerça seu direito de cidadan ia de acordo com o seu pensamento e sua convicção. Importante para Pinhal é a questão dos deputados federais e estaduais, veja aqueles que definitivamente trabalham pela cidade, que trabalham os quatro anos de mandato, e não apenas dois, por exemplo, alegando que já fizeram a sua parte, eles têm de trabalhar em prol da população até o último dia de seus mandatos. Agora, chegou a hora da avaliação dos eleitores, que querem ver o trabalho de cada ano de mandato, de cada hora trabalhada em benefício do povo de Pinhal”.   

O Vereador parabenizou a Prefeitura, na pessoa do diretor de Cultura, Paulo Stéfani Tobias, e demais funcionários do Departamento de Cultura pelo sucesso do I Flashback realizado no último sábado (29 de setembro), na Praça da Independência. “Recebemos essa demanda da população e a enviamos à Prefeitura em forma de indicação. Foi um sucesso, a praça cheia de gente e o ambiente era familiar. Isso é legal, bacana e é disso que Pinhal precisa. Tivemos ainda a participação de pessoas da região (São João da Boa Vista, Santo Antônio do Jardim, Andradas e Mogi Guaçu) e o Prefeito se comprometeu a realizar outra edição do Flashback ainda neste mês de outubro”.

 

 

Vavá Mecânico (PSD) indica a necessidade da colocação de um redutor na rua Sebastião Miguel, no Jardim Brasil. “É uma questão de segurança viária”.

Ele peda ainda a operação tapa-buracos em toda a extensão da rua João Giordano, no Jardim Santa Rita. “Sei que a Prefeitura está fazendo um ótimo trabalho de tapa-buracos na cidade, mas precisa haver a devida manutenção das ruas no Jardim Santa Rita”.

Vavá solicita troca de lâmpadas queimadas na avenida 9 de Julho, próximo ao nº 310 e ao Baitacão Ricardo Lanches, e poda de árvores que cobrem a iluminação, deixando o local muito escuro. “Passei lá e vi o problema, que precisa ser resolvido logo”.

 

Maria de Lourdes Santiago (PPS) pede a realização de estudo para a implantação de estacionamento somente em um dos lados da rua Sílvio Tessarini, na Vila Santa Lúcia.
Ela solicita sinalização de solo na avenida Robert Kennedy, na altura da Fábrica de Camisa e perto da Igreja, visto o grande fluxo de veículos.
Lourdes pede o reforço das faixas de pedestre na avenida Washington Luiz, altura do ponto de circular e do autoposto Darcádia, e na rua Martin Luther King e instalar placas de advertência ´Pare´ em todas as suas travessas.

EXPEDIENTE:

I – Discussão e votação da Ata da 22ª Sessão Ordinária realizada em 1 de outubro passado.

II - Expediente do Senhor Prefeito Municipal;

III - Expediente dos Srs. Vereadores;

IV - Tribuna Livre.

ORDEM DO DIA:

1) Discussão e votação única do PROJETO DE LEI nº 67/2018, do Vereador Dione Laurindo, que institui no Município de Espírito Santo do Pinhal o "Dia Municipal do Protetor de Animais".

2) Discussão e votação única do PROJETO DE LEI nº 68/2018, do Executivo, que dispõe sobre a alteração no teor dos artigos 2º, 3º, Caput e Parágrafo Único, 4º e 5º, Caput e Parágrafo Único, todos da Lei Municipal nº 4.406, de 11 de abril de 2017, que dispõe sobre criação do “Distrito Industrial Laércio Casalecchi", de propriedade do Município de Espírito Santo do Pinhal-SP, e outras providências.

Vereadora CRISTINA BRANDÃO DOMINGUES
Presidente

A Câmara Municipal apoia o movimento Outubro Rosa, que tem por objetivo estimular a luta contra o câncer de mama.
O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres em todo o mundo, sendo raro em homens. Normalmente, a doença é diagnosticada em exames de rotina quando se percebe um nódulo na região dos seios. Entretanto, muitas vezes, os nódulos não podem ser sentidos, sendo, portanto, fundamental a realização de exames de imagem. O exame mamográfico é o principal exame realizado para diagnóstico e deve ser feito por mulheres entre 40 e 69 anos de idade. Mais informações nas unidades básicas de saúde.

 

A Presidente da Câmara Municipal, Cristina Brandão Domingues, e a Vereadora Maria de Lourdes Santiago participaram na noite de quinta-feira (27 de setembro), no Theatro Avenida, da VI Semana Edgard Cavalheiro (60 anos de sua morte) e dos 60 anos de criação do Prêmio Jabuti, o mais tradicional prêmio literário do Brasil, idealizado em 1959 por Edgard Cavalheiro quando presidia a Câmara Brasileira do Livro.
O evento reuniu ainda o Presidente da Casa do Escritor Pinhalense, João Batista Rozon (organizador da Semana Edgard Cavalheiro), o presidente da Câmara Brasileira do Livro, Luís Antonio Torelli, o diretor municipal de Cultura, Paulo Stéfani Tobias (que representou o Prefeito Sergio Del Bianchi Junior), o diretor do Unipinhal, Juarez Belli, entre outros convidados.
Em seu discurso, Cristina parabenizou a organização do evento na pessoa de João Batista Rozon, “um batalhador da cultura em Pinhal”, e a Câmara Brasileira do Livro na pessoa de Luís Antonio Torelli, que fez a doação de mais de dois mil livros à Biblioteca Edgard Cavalheiro, que fica nas dependências da Associação Cultural Antonio Benedito Machado Florence (antigo Casarão), na Praça da Independência.
Cristina ressaltou ainda a importância da leitura na formação de cidadãos participativos e conscientes e do legado cultural deixado pela Semana Edgard Cavalheiro. Ao final de sua fala, disse que “um país de faz com homens e livros”, reavivando uma frase marcante do escritor Monteiro Lobato.
Durante a abertura do evento, houve apresentação musical dos alunos do projeto Guri. A VI Semana Edgard Cavalheiro se encerra no sábado (29 de setembro), no Theatro Avenida. A entrada é gratuita.

  Curta Nossa Pagina

Rua Cap. João Mendes Batista Silva, 176 - Centro - Espírito Santo do Pinhal / SP - CEP: 13.990-000
Fone: (19) 3651-1918
© 2017. Todos os direitos reservados.